image1 image2 image3

AQUANIMAL |SEJA BEM VINDO|AO BLOG MAIS ANIMAL DA INTERNET| ACOMPANHE NOSSAS NOVIDADES

Prevenindo Doenças




As bactérias e os vírus estão geralmente presentes na água do aquário. Parasitas e patógenos coexistem com os peixes em equilíbrio na natureza.  Alterações no meio ambiente como queda dos teores de oxigênio dissolvido, aumento de gás carbônico, amônia e nitrito, bem como mudanças bruscas de temperatura e de água podem causar estresse, redução da resistência, ferimentos e facilitar o desenvolvimento de enfermidades.

O ambiente aquático pode ser contaminado também via água de abastecimento, e Parasitas ou bactérias que causam doenças podem estar “dormentes”  ou serem importados  para o seu aquário por "carona " em peixes novos , plantas e até mesmo alimentos, causando desequilíbrio no ambiente.

Peixes saudáveis ​​têm uma forte resistência em relação à doenças. Assim como o sistema imunológico humano. Quando somos fortes e resistentes, nossos corpos naturalmente combatem doenças antes que elas nos atinjam, para os peixes também é assim.

Sinais de que o peixe pode estar doente incluem, nadadeiras fechadas, comportamento irregulares como raspando o corpo em objetos, perda de peso, perda de cor e má flutuação. Todos estes são sinais de alerta que algo não está bem.

Alguns parasitas pode ser vistos à olho nu, presos aos peixes como é o caso do verme âncora, ou outros como a Argulose que se prende na pele do peixe. Os sintomas de outras doenças parasitárias aparecem como manchas viscosas (Costiose) sobre as nadadeiras causando feridas e hemorragias nas barbatanas.  Também é muito comum a doença do algodão na boca (Columnariose). Ambos levando a uma posterior infecção bacteriana.

  
Outros indicadores de doenças dos peixes são:

Inchaço (hidropisia)
Feridas abertas (furunculose)
Pontos brancos na pele (íctio)
Manchas aveludadas  (Oodinium / veludo)
Olhos inchados (pop eyes)
A perda de apetite geralmente ocorre quando uma doença está em seus estágios finais.

Quando você identificar os primeiros sinais, deverá proceder da seguinte maneira:

Verifique o estado da água em seu aquário. Teste imediatamente a amônia, nitrito, nitrato e pH. Corrija quaisquer problemas imediatamente.
Inicie o tratamento de peixe doente sem demora. O revendedor local pode ajudar a encontrar um tratamento adequado e como proceder com o ambiente que houve contaminação.  Como todas as doenças infecciosas, um aquário hospital ou tanque de quarentena é altamente recomendado.

Nós recomendamos priorizar o equilíbrio do aquário e não somente o tratamento do peixe afetado. É claro que você não deve deixar qualquer lapso de tempo para medicar o peixe, no entanto, uma vez que é provável que as condições da água são pobres e responsáveis pelo enfraquecimento do sistema imunológico dos peixes, reveja os parâmetros do aquário como sistema de filtragem e biologia, é essencial que você forneça um ambiente saudável para a recuperação de peixes.

Manter a água do aquário saudável certamente é a ferramenta mais eficaz para a prevenção da doença. A maioria dos surtos de doenças podem ser diretamente ligados às condições de deterioração da água.


Compartilhe:

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário