image1 image2 image3

AQUANIMAL |SEJA BEM VINDO|AO BLOG MAIS ANIMAL DA INTERNET| ACOMPANHE NOSSAS NOVIDADES

A Filtragem Ultra Violeta (UV)




Entendendo como funciona a Filtragem  UV

A esterilização por raios ultravioleta (UV) é um processo usado para eliminar a contaminação biológica, especialmente fungos, parasitas e bactérias. Dois tipos estão disponíveis comercialmente. Geralmente o que contém o que chamamos de filtragem por bulbo úmido - pelo qual a água passa diretamente na frente do bulbo da lâmpada de UV que é um sistema mais barato e muitas vezes caseiro. DIY (Do It Yourself)

O outro tipo disponível tem um tubo de quartzo de proteção em torno do bulbo da lâmpada (bulbo seco). Este último tem a vantagem de facilitar a limpeza, já que detritos e lama acabarão se assentando sobre o tubo, ou quartzo circundante. Ambos funcionam no mesmo princípio.

A esterilização por UV expõe os contaminantes com uma dose letal de energia na forma de luz. A luz UV vai alterar o DNA e RNA dos agentes patogênicos. A estrutura de célula alterada impede o organismo de se reproduzir (esterilização), portanto, terminando por eliminá-lo.

A esterilização elimina Fungos, Bactérias, Vírus, Esporos, Cistos e Algas de diversos tipos, sendo o único método garantido e seguro para a completa eliminação da “Água Verde” que deixa tão desapreciado o visual do aquário ou lago com a água verde, quando as algas (clorófitas) estão na fase de esporos, ou seja, quando estão em fase de reprodução.

O UV não mata diretamente um parasita que está preso em um peixe, mas os parasitas passam por um estágio de suspensão e é nesse momento que são eliminados, pois tem efeito bacteriostático e não bactericida, assim sendo a filtragem por UV não extermina todas as bactérias, pois do contrário também não haveria vida biológica no aquário, ela apenas controla o crescimento em excesso, eliminando as que ficam em suspensão na água que consequentemente irão através da bomba passar pela lâmpada. A esterilização por UV não altera o pH ou qualquer propriedade físico-química da água.

Aquaristas com sistemas avançados de filtragem e aquários caros, devem considerar um esterilizador UV.

A eficácia da esterilização de UV depende do tempo de exposição e a intensidade da luz/energia. Geralmente 36'000 microwatts por centímetro quadrado por segundo vai matar ou danificar os patógenos comuns em um aquário, números mais baixos pode remover com êxito a maioria deles. (1 microwatts é a milionésima parte de 1 watt / 36'000 microwatts, portanto, traduzir para 0,036 Watt)

Em geral, a eficácia do esterilizador é baseada unicamente na taxa de fluxo de passagem da água.

Algumas considerações:

Água dura

A água dura irá resultar em acúmulo de minerais que irão grudar sobre a superfície do bulbo/quartzo, reduzindo a sua eficácia. Estes minerais também podem proteger os agentes patogénicos que irão passar pela fonte de energia/luz, ilesos. Este efeito é também conhecido como o sombreamento.

Lâmpada

Lâmpadas UV não simplesmente queimam, mas vão perdendo gradualmente a sua eficiência ao longo do tempo em até 60% em um ano. A recomendação geral é para substituir a lâmpada a cada seis meses.

Medicação

Alguns medicamentos são inutilizados quando expostos à luz UV, principalmente antibióticos. Lâmpadas UV devem ser delsigadas
enquanto medicar o aquário.

Fontes de alimentos

Alguns critérios para alimentação em aquários com corais dependem de orgnismos microscópicos como fonte de alimentação. Estes organismos crescem e reproduzem livremente, mas serão destruídos se eles passam através do tubo de esterilizador UV.

Preste atenção

Luz UV não só é prejudicial para agentes patogénicos na água, mas também prejudicial para o olho humano. Evite qualquer contato visual direto ou indireto com a luz.

Detalhes técnicos

A luz é definida pelo comprimento de onda expressa em manômetros (nm). A luz UV é definida por um comprimento de onda (radiação electromagnética) 10-400 nm. A nossa fonte natural de luz UV é o sol. Uma lâmpada de vapor de mercúrio cria artificialmente UV em diferentes comprimentos de onda da seguinte forma:

UVA 315-400 nm normalmente encontrados em luz negra ou equipamentos de bronzeamento
UVB 280-315 nm provoca queimaduras solares
UVC 200-280 nm prejudicial para a célula exposta


Considerar a compra de um bom filtro UV é tão importante quanto o restante dos componentes do seu aquário, e se você não quer desperdiçar dinheiro,  pesquise uma boa marca de lâmpada e filtro, dê preferência aos filtros de bulbo seco para facilitar a limpeza e com garantia do fabricante.


Até breve.

Compartilhe:

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário